Grupo Miolo se destaca no 7¬ļ Concurso Internacional de Vinhos do Brasil

15 de abril de 2014

Empresa conquistou 8 medalhas no concurso, consolidado como o maior da América Latina e um dos mais reconhecidos do mundo.

A maior edi√ß√£o do evento registrou 709 amostras de 18 pa√≠ses, de todos os continentes. Realizado de 8 a 11 de abril no Hotel & SPA do Vinho, no Vale dos Vinhedos, na Serra Ga√ļcha, reuniu um painel internacional de 66 degustadores de 11 pa√≠ses, que concederam 212 medalhas, sendo 88 de Ouro e 124 de Prata, somando 30% do total de amostras inscritas conforme rege as normas internacionais.

A Miolo recebeu Medalha de Ouro nos vinhos Vinhas Velhas Tannat e Miolo Reserva Tannat, ambos elaborados na Campanha, RS. Na categoria Medalha de Prata foram premiados os espumantes elaborados pelo método champenoise Miolo Millésime Brut e Miolo Cuvée Tradition Brut Rosé elaborados no Vale dos Vinhedos, RS e os tintos Testardi Syrah (elaborado no Vale do São Francisco, Bahia) e Bueno Paralelo 31 (elaborado na Campanha, RS). Na categoria importados, recebeu mais duas Medalhas de Prata com o Montecillo Gran Reserva, um tradicional vinho de Rioja, Espanha e com o Costa Pacífico Shiraz, elaborado na Região de Valle Central, Chile.

Os vinhos e espumantes do Grupo Miolo competiram com um total de 709 amostras de 18 pa√≠ses (√Āfrica do Sul, Alemanha, Argentina, Austr√°lia, Bol√≠via, Brasil, Chile, Espanha, Estados Unidos, Fran√ßa, Gr√©cia, Hungria, Israel, It√°lia, M√©xico, Nova Zel√Ęndia, Portugal e Uruguai) representaram terroirs de todos os continentes. √önico no Brasil com a chancela da Organiza√ß√£o Internacional da Uva e do Vinho (OIV) e da Uni√£o Internacional de En√≥logos (UIOE), o concurso √© promovido pela Associa√ß√£o Brasileira de Enologia (ABE), em parceria com a INNER Editora.

Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay é premiado no 21ª concurso Chardonnay du Monde

27 de março de 2014

O tradicional concurso franc√™s, Chardonnay du Monde, realizado de 12 a 15 de mar√ßo no Ch√Ęteau des Ravatys, na regi√£o da Borgonha, concedeu Medalha de Prata ao Miolo Cuv√©e Giuseppe Chardonnay 2012. Cerca de 300 degustadores, de 40 nacionalidades, elegeram o branco da Miolo em um universe de aproximadamente 800 amostras.

Cuv√©e √© um termo franc√™s para ‚Äúcorte‚ÄĚ, que representa a ess√™ncia do Miolo Cuv√©e Giuseppe Chardonnay, um corte de diferentes parcelas de chardonnay, selecionadas nos vinhedos da fam√≠lia no Vale dos Vinhedos. Parte do vinho √© vinificado em barris de carvalho franc√™s, o que confere ao vinho aromas amanteigados e de baunilha. √Č um branco potente, de grande volume de boca e complexidade.

MWG participa novamente do South Beach Wine & Food Festival

27 de fevereiro de 2014

A Miolo Wine Group participa pela segunda vez do South Beach Wine & Food Festival em Miami. O festival é promovido pela Southern Wines & Spirits, maior distribuidora de bebidas no mercado americano.

O evento acontece entre os dias 21 e 23 de fevereiro em Miami South Beach e conta com um p√ļblico de 60 mil pessoas entre trade e consumidor final.

“‘E uma excelente oportunidade de apresentarmos nossos vinhos para o consumidor americano uma vez que Estados Unidos √© um dos pa√≠ses alvo das exporta√ß√Ķes da Miolo” diz Morgana Miolo, gerente de exporta√ß√£o para Am√©ricas e √Āsia.

A Southern est√° presente em 35 estados e representa a Miolo desde 2013.

Grupo Miolo atinge crescimento recorde nas exporta√ß√Ķes em 2013

27 de fevereiro de 2014

O ano de 2013 foi excelente para o maior exportador de vinhos do Brasil. O resultado das exporta√ß√Ķes do Grupo Miolo reafirma mais uma vez a crescente qualidade dos vinhos, encontrados atualmente em mais de 30 pa√≠ses, com destaque para os mercados da Inglaterra, Estados Unidos, Alemanha, Holanda, China e Jap√£o.

Em compara√ß√£o com o ano de 2012, houve um crescimento de 96% no faturamento das exporta√ß√Ķes, maior crescimento desde o in√≠cio dos trabalhos de prospec√ß√£o internacional.

‚ÄúAp√≥s v√°rios anos realizando um √°rduo trabalho, com o objetivo de construir a imagem da marca Miolo como produtor de vinhos de alta qualidade, a abertura de novos canais de distribui√ß√£o proporciona um forte incremento no volume exportado, que tende a se manter nos pr√≥ximos anos‚ÄĚ, cita Fabiano Maciel, gerente de exporta√ß√Ķes do grupo para o mercado europeu.

Os vinhos Miolo poderão ser encontrados em grandes redes internacionais, tais quais como a Marks & Spencer e Waitrose (Inglaterra), Delhaize (Bélgica), Netto (Alemanha), Khaufhof (Alemanha) e Groupe Casino (França), além de grandes empresas de cruzeiros marítimos, como a Viking Line.

A Miolo Wine Group foi premiada com o ‚ÄúTrof√©u Saca Rolhas‚ÄĚ, na premia√ß√£o dos melhores do ano de 2013, realizada pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), como a empresa l√≠der em exporta√ß√Ķes no ano passado.

Café do Parque reabre com vinhos da Miolo

20 de dezembro de 2013

Um dos mais tradicionais estabelecimentos gastron√īmicos da regi√£o central de Porto Alegre, o Caf√© do Parque (antigo Caf√© do Lago) reabriu suas portas depois de tr√™s anos fechado para reformas estruturais. Para a reabertura das atividades, a cafeteria fechou uma parceria com a Miolo Wine Group (MWG) para fornecimento de seus diferentes r√≥tulos. A carta de vinhos conta com as linhas de espumantes Miolo Cuv√©e Tradition, Miolo Terranova e Miolo Mill√©sime Brut. Tamb√©m est√£o presentes os vinhos tradicionais da Linha Miolo Reserva e o cl√°ssico Miolo Lote 43. ‚ÄúPara a Miolo √© uma grande honra fazer parte da hist√≥ria do Caf√© do Parque, uma das cafeterias mais charmosas da Capital. Nossa ideia √© ampliar ainda mais a variedade de r√≥tulos para 2014‚ÄĚ, explica Tiago Beloli, sommelier da MWG.

O Caf√© do Parque, localizado no cora√ß√£o do Parque Farroupilha (Reden√ß√£o), reabriu suas portas em novembro deste ano totalmente reformulado. A nova gest√£o traz a proposta de mesclar atividades culturais com eventos gastron√īmicos. O Caf√© do Parque funciona de ter√ßa √† sexta-feira, das 15h √†s 22h, e nos s√°bados, domingos e feriados, das 10h √†s 22. At√© o final do ano, a dupla Claus e Vanessa far√° show no restaurante todos os domingos.

Miolo conquista medalhas na Inglaterra

18 de dezembro de 2013

Vin√≠cola ga√ļcha teve quatro vinhos premiados no The International Wine and Spirit Competition

Quatro r√≥tulos da Miolo Wine Group conquistaram medalhas de bronze no tradicional concurso¬†The International Wine and Spirit Competition, realizado em Londres, na Inglaterra, entre os meses de mar√ßo e outubro. O evento reuniu mais de 300 especialistas de 30 pa√≠ses diferentes, que degustaram, ao longo do ano, mais de 7 mil amostras de vinhos de todo o mundo. Os vinhos premiados da MWG foram o Al√≠sios do Seival Pinot Grigio Riesling 2012, o espumante Miolo Cuv√©e Tradition Brut Ros√©, o Miolo Family Vineyards Tannat 2011 e o Quinta do Seival Castas Portuguesas 2006. ‚ÄúO ano de 2013 foi bastante positivo para a Miolo nos concursos internacionais, com √≥timas avalia√ß√Ķes e quase sempre se traduzindo em premia√ß√Ķes. As quatro medalhas na Inglaterra simbolizam nosso potencial para produ√ß√£o de diferentes varietais‚ÄĚ, afirma Miguel √āngelo Almeida, en√≥logo da Miolo Wine Group.

Vinhos da Miolo chegam a Punta Del Este

9 de dezembro de 2013

Os frequentadores de Punta Del Este poderão degustar nesta temporada espumantes da Miolo Wine Group da linha Cuvée Tradition. O negócio foi acertado com a importadora Vinos del Mundo, que fará a distribuição do produto para bares e restaurantes do mais charmoso balneário uruguaio.

Os espumantes da Miolo ficaram conhecidos em Punta del Este pela participa√ß√£o dos produtos da empresa por quatro vezes no prestigiado Sal√≥n Conrad Internaciona…l del Vino, evento de degusta√ß√£o que acontece no hotel mais tradicional do balne√°rio.

A linha Miolo Cuv√©e Tradition √© elaborada com uvas Pinot Noir e Chardonnay pelo tradicional m√©todo franc√™s champenoise, em que todo o processo de elabora√ß√£o do espumante por esse m√©todo ocorre na pr√≥pria garrafa, em ambiente climatizado e com longo per√≠odo de envelhecimento (aut√≥lise) nas caves subterr√Ęneas da empresa, no Vale dos Vinhedos (RS).

Espumantes da Miolo Wine Group se destacam na França

4 de dezembro de 2013

Empresa conquistou medalha de ouro e prata no concurso Effervescents Du Monde

Dois espumantes da Miolo Wine Group conquistaram medalhas na 11ª edição do concurso Effervescents Du Monde, realizado entre os dias 13 e 15 de novembro, em Dijon, na França. A empresa recebeu a medalha de ouro com o Miolo Cuvée Tradition Brut Rosé e de prata com o Bueno Cuvée Prestige Brut, ambos elaborados na região do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul. Os rótulos se sobressaíram entre 600 amostras de 28 países, que foram avaliadas por 100 degustadores internacionais.

Elaborados pelo tradicional m√©todo franc√™s¬†champenoise com as uvas Chardonnay e Pinot Noir, o Miolo Cuv√©e Tradition Brut Ros√© e o Bueno Cuv√©e Prestige possuem corpo leve, com acidez delicada e boa cremosidade. ‚ÄúEssa premia√ß√£o tem grande significado para a MWG, j√° que foi realizada no pa√≠s do¬†champagne e contou com a avalia√ß√£o de cr√≠ticos de todo o mundo‚ÄĚ, afirma Miguel √āngelo Almeida, en√≥logo do grupo Miolo.

Miolo exporta vinhos para empresa finlandesa de cruzeiros

19 de novembro de 2013

A partir do próximo ano, os vinhos da Miolo Wine Group poderão ser degustados pelos passageiros que frequentam os navios da empresa de cruzeiros finlandesa Viking Line, líder de mercado no tráfego de passageiros no Mar Báltico.

Serão exportadas inicialmente 4830 garrafas de vinhos como o Miolo Lote 43, Quinta do Seival Castas Portuguesas, RAR Viognier e Merlot Terroir. As bebidas serão vendidas nos restaurantes e também nos free shops a bordo dos navios.

Conforme Fabiano Maciel, gerente de exporta√ß√Ķes da Miolo para a Europa, o neg√≥cio representa uma oportunidade √ļnica de divulga√ß√£o dos produtos da empresa em uma ampla rede de consumidores potenciais, frequentadores dessas embarca√ß√Ķes. “Estamos falando de um p√ļblico que aprecia bebidas de alta qualidade. Os vinhos Super Premium da Miolo certamente atendem esta caracter√≠stica”, afirma Maciel.

A Viking Line¬† oferece servi√ßos de passageiros, recrea√ß√£o e de transporte de carga nas embarca√ß√Ķes Gabriella, Mariella, Amorella, Rosella e Viking Cinderela. Em 2012 a Viking Line transportou 6,3 milh√Ķes de passageiros.

Miolo exporta vinhos para o Jap√£o

19 de novembro de 2013

Importadora japonesa Ikemitsu distribuir√° r√≥tulos da vin√≠cola ga√ļcha no pa√≠s asi√°tico

A Miolo Wine Group acertou uma parceria com a importadora Ikemitsu para distribuição de vinhos no mercado japonês a partir do mês de dezembro. Neste primeiro pedido, a empresa exportará 8.300 garrafas dos seus rótulos Miolo Cuvée Tradition Brut, Reserva Pinot Noir, Reserva Sauvignon Blanc, Seleção Pinot Grigio/Riesling e Seleção Cabernet/Merlot,

Representantes da importadora japonesa estiveram¬†em Bento Gon√ßalves/RS no m√™s de junho deste ano para conhecer as opera√ß√Ķes e sede da¬†vin√≠cola¬†no Rio Grande do Sul. Segundo Francine Harumi, gerente de exporta√ß√£o da¬†trade Suriana ‚Äď respons√°vel pela negocia√ß√£o entre as partes ‚Äď ‚Äúos eventos esportivos como a Copa do Mundo de 2014 e a Olimp√≠ada de 2016 est√£o despertando o interesse dos consumidores japoneses pelos produtos feitos no Brasil‚ÄĚ. Os vinhos ser√£o vendidos para restaurantes, bares e casas noturnas.

O neg√≥cio in√©dito com a importadora japonesa marca mais um importante passo do vinho brasileiro¬†no mercado asi√°tico de bebidas. ‚ÄúEssa negocia√ß√£o foi pensada e planejada para ser duradoura, tendo em vista a presen√ßa cada vez mais constante dos r√≥tulos da Miolo no Jap√£o. Esse certamente ser√° o primeiro pedido de muitos junto √† Ikemitsu‚ÄĚ, afirma Morgana Miolo, gerente de Exporta√ß√£o da MWG. A empresa exporta para o pa√≠s desde 2010, com seus r√≥tulos podendo ser encontrados em grandes redes de varejo. A Miolo deve fechar o ano com cerca de 50 mil garrafas exportadas para o Jap√£o.

Diretora Estrat√©gica da Suriana, √āngela Hirata destaca a parceria com a importadora japonesa: ‚ÄúO¬†prop√≥sito da IKEMITSU √© criar a categoria vinhos do Brasil, distribuindo marcas j√° consagradas em nosso mercado.¬†Vejo esta iniciativa como algo muito importante para gerar maior visibilidade aos vinhos e marcas brasileiras, pois poderemos iniciar a conquista de um mercado de grande consumo, sabendo que a concorr√™ncia √© acirrada, visto que a oferta √© maior que a demanda. Mas os vinhos brasileiros tem¬†sido trabalhados com a aten√ß√£o que merecem.‚ÄĚ De acordo com a diretora, importantes¬†departament stores de luxo do Jap√£o,¬†como Mitsukoshi e Isetan,¬†querem reservar espa√ßo para os vinhos do Brasil, incluindo-os em seus disputados espa√ßos de venda, al√©m de inseri-los nas cartas de seus restaurantes.

O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e a Apex-Brasil, que t√™m parceria no projeto Wines of Brasil e foram os respons√°veis pela vinda da Ikemitsu ao pa√≠s neste ano, enxergam com bons olhos a negocia√ß√£o. ‚ÄúEssa exporta√ß√£o tem grande significado, pois √© o reconhecimento da qualidade do vinho brasileiro para um mercado exigente e sofisticado como o japon√™s‚ÄĚ, afirma Ricardo Santana, diretor de neg√≥cios da Apex-Brasil. ‚ÄúTenho a convic√ß√£o de que a rela√ß√£o entre o vinho brasileiro, a Ikemitsu e o mercado japon√™s est√° apenas no come√ßo e se expandir√° de forma consistente e satisfat√≥ria‚ÄĚ, completa.